Rodrigo Agostinho adia depoimento na CEI dos Precatórios em razão da votação para a Reforma da Previdência

Por on 12 de julho de 2019

Era esperada para esta sexta-feira (12), a oitiva com o deputado federal Rodrigo Agostinho, que exerceu os cargos de secretário municipal do Meio Ambiente e de prefeito durante a tramitação dos processos administrativo e judicial referentes à “Floresta Urbana”. No entanto, a assessoria do deputado informou na tarde de ontem que Rodrigo não poderá comparecer em razão das votações dos destaques da Reforma da Previdência na Câmara Federal.

Um grupo de vereadores faz na manhã desta sexta, uma visita às áreas da “Floresta Urbana”, que motivou os precatórios milionários. O repórter Gabriel Pelosi tem as informações.

Novas oitivas sobre o caso “Floresta Urbana” estão agendadas para os dias 23 e 25 de julho. Entre os esperados, estão os convocados que não puderam comparecer nas datas pré-estabelecidas. Uma nova data será agendada para a oitiva de Rodrigo Agostinho.

Crédito: Gabriel Pelosi/94FM


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background