Rombo nas contas da Emdurb volta a ser discutido durante audiência na Câmara de Bauru

Escrito por em 18/04/2022

A reserva de OITO MILHÕES DE REAIS no orçamento do ano que vem para o pagamento de parcelas do acordo em negociação entre Cohab e Caixa Econômica Federal, acabou levantando questionamentos em relação ao rombo nas contas da Emdurb.
Durante a audiência de apresentação da proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício 2023, o vereador Coronel Meira lembrou que no caso da Emdurb, sendo uma empresa pública municipal, a responsabilidade total sobre as finanças, pertence à prefeitura. Já o vereador Lokadora questionou o secretário de finanças, Everton Basílio, ‘por que há uma reserva orçamentária para a Cohab e não para a Emdurb’. O secretário respondeu.

No início deste mês, em entrevista à 94, a prefeita Suéllen Rosim descartou realizar aporte de recursos para a empresa municipal e, afirmou que a meta da atual diretoria da Emdurb, é a de realizar uma reestruturação financeira.

Saiba mais:


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]