Secretaria de Obras tem 22 termos de ajustamento de conduta que totalizam R$ 48 milhões

Escrito por em 23/07/2021

A Secretaria Municipal de Obras de Bauru administra 22 Termos de Ajustamento de Conduta, assinados junto ao Ministério Público de São Paulo e outros orgãos. Esses termos tiveram origem em inquéritos civis ou ações civis. Para solucionar os 22 TACs o município necessitara de 48 MILHÕES E 850 MIL REAIS.

Dos 22 TACs, 12 são de alta prioridade. A maior parte se refere à obras para a contenção de erosões. Entre as mais complexas está a obra de drenagem para conter uma erosão que afeta o condomínio Pinheiros e gera inundações na avenida Waldemar Ferreira, nas imediações da Vila Industrial. A obra tem um valor estimado de 6 MILHÕES DE REAIS. Os TACs também envolvem os projetos de reparo de três viadutos com o custo previsto de 800 mil reais.

O secretário de Obras Leandro Joaquim explica as prioridades desses Termos de Ajustamento de Conduta.

O secretário espera a aprovação do projeto em que a Prefeitura pede autorização da Câmara Municipal para leiloar uma área pública na região da Quinta da Bela Olinda. Segundo ele, grande parte do recurso oriundo da venda dessa área seria destinado à projetos de infraestrutura.

Obra na Daniel Pacífico está entre os TAC´s firmados com o MP. Foto: Divulgação

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]