Secretário Estadual garante que pedágios da Bauru-Marília terão cobrança diferenciada para usuários frequentes

Por on 9 de junho de 2020

Conforme a 94 já divulgou, a Rodovia Bauru-Marília (SP-294), que faz parte do lote Piracicaba-Panorama, começou a ser administrada pela Eixo SP. O trecho entre Bauru e Marília, de 100 quilômetros, terá duas praças de pedágio. Uma será em Bauru, no quilômetro 366, perto de Piratininga, e a outra em Vera Cruz, perto de Marília, no quilômetro 426. Questionado sobre a possibilidade de diminuir a distância entre as praças de pedágio, uma vez que produtores rurais e trabalhadores de Piratininga teriam que pagar o pedágio mesmo acessando um trecho curto da rodovia, o Secretário Estadual de Logística e Transporte, João Octaviano, reforçou que o Governador João Dória determinou que fossem colocados alguns dispositivos justamente para deixar a tarifa de pedágio mais justa. João Octaviano ainda explicou que a administração para esses pedágios ganharão formas mais modernas e uma delas é a proposta do “Usuário frequente”.

Lembrando que, a Eixo SP injetou nos cofres do Estado cerca de UM BILHÃO E CEM MIL REAIS para administrar mais de 1.200 quilômetros de rodovias entre Piracicaba e Panorama. Além dessa outorgá, de acordo com o João Octaviano, a empresa já planeja investir na região UM BILHÃO E MEIO DE REAIS, além de gerar mais de SETE MIL empregos para os próximos dois anos.

Reforçando que, Bauru pleiteia algumas contrapartidas no que tange a urbanização do bairro Vila Dutra, envolvendo também a duplicação da avenida Elias Miguel Maluf, entre outras demandas que até o momento não foram garantidas.


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background