Segue emperrada a instalação do sistema de videomonitoramento em Bauru

Escrito por em 04/08/2020

A instalação do sistema de câmeras de monitoramento contratado pela prefeitura de Bauru segue emperrada. O contrato com a Fonesat, empresa vencedora do processo de licitação está suspenso porque a empresa solicitou reajuste superior a 20% do valor total contratado para a instalação dos equipamentos. A Fonesat foi contratada por 570 mil no início de 2019.
Considerando que grande partes do recurso é oriundo do Ministério da Justiça, é necessário protocolar o pedido junto ao órgão. O procedimento poderá obrigar a prefeitura a ter que subsidiar a diferença exigida como contrapartida. O vereador Coronel Meira destaca que a Polícia Militar instalou há mais de dois anos o “vídeo wall”, que é a tela para receber as imagens no Centro de Operações da Polícia Militar, o Copom.

A previsão inicial era de que o sistema de videomonitoramento fosse instalado até o final de 2017.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]