Segue sem data definida julgamento do mérito da ação contrária ao pagamento da Floresta Urbana

Escrito por em 18/02/2020

Ainda não há prazo para julgamento do mérito da ação contrária ao pagamento de R$34 milhões referentes ao precatório da Floresta Urbana.

De acordo com informações coletadas pela reportagem, antes do julgamento do mérito, a Justiça solicitará parecer das partes envolvidas como, Ministério Público e os proprietários da Floresta Urbana, para só então analisar o caso.

Conforme a 94FM divulgou, a Justiça suspendeu temporariamente, desde a última sexta-feira, o pagamento da prefeitura aos proprietários da gleba, considerada Área de Relevante Interesse Ambiental. A suspensão obedece a ação proposta pelo advogado Robson Olímpio Fialho, envolvendo questionamentos sobre o real valor a ser pago, uma vez que, pode se tratar de área rural, além de tramitação de ações em instâncias superiores e até mesmo um inquérito civil, sendo apurado pelo Ministério Público.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]