Semma afirma que pandemia atrasou notificação de grandes geradores de lixo

Escrito por em 05/08/2020

Apesar do plano nacional de resíduos sólidos determinar, desde 2010, que o grande gerador de lixo é responsável pela destinação final do resíduo produzido, a situação em Bauru pouco evoluiu.
A cidade também possui uma Lei Municipal sobre o assunto e, em sua regulamentação, o prazo para o cumprimento da medida foi dividido em três etapas, sendo que a última delas, termina no final de novembro.
O secretário do Meio Ambiente, Coronel Airton Martinez, afirma que a pandemia da Covid-19 acabou atrasando a notificação das empresas instaladas na cidade, mas já há empresas que iniciaram a destinação do lixo produzido.

Coronel Airton também explica os motivos da demora na liberação dos processos e confirma que nenhuma empresa foi autuada até o momento.

De acordo com a legislação municipal, após a autodeclaração de grande gerador, as empresas têm um prazo de 30 dias para a entrega do plano de gerenciamento de resíduos, que deve ser aprovado pela SEMMA.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]