Sesi Vôlei Bauru encerra returno contra São Caetano de olho na terceira colocação da Superliga

Escrito por em 04/03/2021

O Sesi Vôlei Bauru enfrenta São Caetano nesta sexta-feira, 5, às 11h30, no Sesi Altos da Cidade, em Bauru, em confronto válido pela 11ª rodada do returno da Superliga Banco do Brasil 2020-2021. O canal Vôlei Brasil transmitirá ao vivo a partida em https://canalvoleibrasil.cbv.com.br/.

Já garantido no grupo dos quatro melhores times da competição, o que lhe dá a vantagem de poder realizar mais partidas em casa e escolher a ordem dos mandos dos jogos, pelo menos, nas quartas de final, o Sesi Vôlei Bauru chega ao seu último compromisso da fase classificatória em briga direta com o Dentil/Praia Clube pela terceira posição.

O Sesi Vôlei Bauru ocupa a quarta posição após 16 vitórias e cinco derrotas e soma 46 pontos, um a menos que o time praiano, que tem 47 e campanha de 15 vitórias e seis derrotas. Osasco/São Cristóvão Saúde, vice-líder com 50, e o líder Itambé/Minas, com 60, completam o G4 da Superliga Banco do Brasil 2020-2021.

Diante deste cenário, para terminar o returno na terceira posição o Sesi Vôlei Bauru, além de ganhar da equipe caetanense, terá de contar com uma derrota ou, no máximo, uma vitória por 3 a 2 do Dentil/Praia Clube diante do Sesc/Flamengo, que se enfrentam também nesta sexta-feira, às 16h30, na Arena Praia, em Uberlândia (MG).

Barueri ou Flamengo nas quartas

Os últimos duelos da fase classificatória da Superliga Banco do Brasil 2020-2021 definirão os confrontos das quartas de final, fase em que o Sesi Vôlei Bauru já sabe que terá como possíveis adversários o Sesc/Flamengo ou o São Paulo/Barueri, ambos já consolidados, respectivamente, na quinta e sexta colocações, independentemente dos resultados da 11ª rodada do returno.

Se terminar em terceiro, o Sesi Vôlei Bauru terá pela frente as comandadas do técnico José Roberto Guimarães na próxima fase da competição; já se concluir o returno na quarta posição, a equipe enfrentará as cariocas lideradas por Bernardinho.

Isso porque as quartas de final da Superliga Banco do Brasil 2020-2021 preveem os confrontos em chaveamento olímpico, com os cruzamentos obedecendo ao seguinte ordenamento: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º no sistema de playoff melhor de três partidas. As equipes melhores colocadas na fase classificatória escolherão o mando dos jogos, podendo realizar o 1º e o 3º (caso necessário) ou o 2º e o 3º (caso necessário) em seus domínios.

Polina maior pontuadora e sacadora

A oposta Polina lidera, atualmente, dois rankings estatísticos de fundamentos da Superliga Banco do Brasil 2020-2021. A atleta do Sesi Vôlei Bauru é a maior pontuadora, com 347 pontos (três à frente da segunda colocada Ariane, do Brasília Vôlei) e também dona da maior quantidade de aces nos saques, com 27, cinco a mais do que a vice-líder Pri Daroit, do Itambé/Minas.

Crédito: Marcelo Ferrazoli/Sesi-SP


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]