Seu espírito empreendedor deve falar mais alto

Por on 25 de julho de 2019

Sem dúvida que o setor público tem sua importância e a melhoria do ambiente de negócios depende em muito das decisões macro e microeconômicas.

Não obstante esta realidade é fato que o setor privado tem sua própria dinâmica. Estão sendo tempos difíceis, desafiadores, afinal não é tarefa fácil suportar (e muita gente não suportou) dois anos de recessão e dois anos e meio de baixo crescimento econômico, contudo, o espírito empreendedor deve falar mais alto.

Quando as coisas não vão bem corremos o risco de imaginar que a geração de riqueza foi zero, quando não verdade houve somente sua diminuição. Evidentemente que fica mais difícil a realização de negócios. Os agentes econômicos ficam mais seletivos e as margens de lucro caem, mas as coisas estão acontecendo.

Observo a retomada de confiança dos agentes econômicos. Em alguns casos de maneira tímida, em outros, mais firme.
Neste contexto não é o momento de esmorecer, pelo contrário, é a hora do estrategista. Certamente a lição de casa já foi feita caso contrário seus negócios não teriam sobrevivido a esta verdadeira tempestade econômica.

O espírito empreendedor está diretamente ligado a encontrar as oportunidades internas e externas ao negócio. Na equipe, fazer mais com menos e motivar todos para apostarem em seus diferenciais. No mercado oferecer produtos e serviços que combinem qualidade e preço, levando ao consumidor uma boa experiência de consumo.

Conhecer seu cliente, saber de seus hábitos, seus desejos, como encantá-lo, são questões que permitem a sua sobrevivência. Entender o mercado, qual seu potencial e planejar ações na direção certa, faz toda diferença.
Enquanto os desanimados ficam de olho nas ações do governo, os ativos, os atentos, os empreendedores se preparam para o que vem pela frente.

Alguém tem dúvida que o Brasil dará uma virada, para melhor, na economia? As bases para a retomada do crescimento econômico estão em curso. Não é otimismo exagerado de minha parte não. São fatos. As reformas estruturantes foram encaminhadas, as ações microeconômicas virão, e como colocado, a riqueza diminuiu, mas não zerou.

Reúna sua equipe. Revisite suas metas. Assuma um comportamento proativo e tenha firmeza em suas ações. Dê foco naquilo que você domina e fundamentalmente esteja aberto ao novo.

Ser estrategista é sempre ter um plano alternativo a ser implementado quando as coisas não saem como o planejado. É ser rápido na mudança de direção e aproveitar da melhor maneira as oportunidades que se apresentam.

Enquanto os acomodados lamentam, os empreendedores trabalham arduamente para fazer a diferença.

Reflita com sinceridade: chegou até aqui bravamente, vai perder o jogo aos 45 minutos do segundo tempo? A resposta é não!

Deixe o empreendedor que está em você falar mais alto e faça a diferença no mercado. O espaço está aberto.

Crédito: Rawpixel.com / Freepik


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background