Sindicato faz críticas à Secretaria de Educação do Estado e fala sobre o projeto ‘jogados às escolas’

Escrito por em 24/01/2020

Mudanças na grade escolar, que estão sendo implantadas pela Secretaria de Educação do Estado, são consideradas complicadas pelo Sindicato de Especialistas de Educação do Magistério Oficial do Estado. Em entrevista à 94, a delegada da regional Bauru do Sindicato, Maria José de Oliveira Faustini, faz duras críticas à Secretaria Estadual, afirmando que os projetos ‘jogados às escolas’ mostram uma falta de conhecimento do que seja uma rede pública.

Com as mudanças, a partir deste ano serão sete aulas diárias e, o tempo de duração de cada aula, cai de 50 para 45 minutos.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]