Sobe o número de mortos por tsunami na Indonésia; vulcão ainda está em erupção

Por on 24 de dezembro de 2018

Fonte: Portal G1

O balanço de vítimas do tsunami que atingiu a Indonésia no último sábado subiu para 373 mortos e mais de 1.400 feridos, anunciou a Agência Nacional de Gestão de Desastres nesta segunda-feira (24). Outras 128 pessoas seguem desaparecidas. O tsunami foi provocado pela erupção do vulcão Anak Krakatoa, que segundo a agência ainda está em erupção e pode provocar novos tsunamis.

“Estamos alertando as pessoas para permanecerem cautelosas”, afirmou no domingo Sutopo Purwo Nugroho, porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres, de acordo com a CNN. “As agências ainda continuam analisando a causa raiz … o vulcão Krakatau continua em erupção, o que poderia provocar outro tsunami”.

O balanço anterior divulgado no domingo registrava 222 mortos e mais de 800 feridos.

Segundo Nugroho, mais de 600 construções, incluindo casas, hotéis e estabelecimentos comercias, e mais de 400 barcos ficaram danificados.

Milhares de soldados, policiais, funcionários do governo e voluntários estão trabalhando nas buscas de vítimas nas ilhas de Sumatra e Java.

“Suspeita-se que algumas vítimas ainda estão presas sob destroços e materiais levados pelo tsunami”, disse Nugroho.

Como nenhum tremor de terra foi registrado antes da chegada das ondas, as autoridades não tiveram tempo de transmitir um alerta e preparar a população.

O presidente indonésio Joko “Jokowi” Widodo expressou suas condolências e ordenou que as agências governamentais respondessem rapidamente ao desastre. A ONU se mostrou disposta a apoiar os esforços do governo, indicou o porta-voz de Antonio Guterres, secretário-geral da organização.

Combinação de fatores
De acordo com autoridades, o tsunami pode ter sido provocado por um aumento repentino da maré provocado pela lua cheia, combinado com uma avalanche no fundo do mar após a erupção do Anak Krakatoa, que forma uma pequena ilha no estreito de Sunda.

Como um tsunami mortal golpeou a costa da Indonésia sem que tivesse havido um terremoto antes?

Anak Krakatoa é uma pequena ilha vulcânica que surgiu no oceano meio século depois da letal erupção do vulcão Krakatoa em 1883. É um dos 127 vulcões ativos da Indonésia.

“A combinação provocou um tsunami repentino que atingiu a costa”, afirmou Nugroho, antes de destacar que a Agência Geológica da Indonésia trabalha para elucidar o que aconteceu exatamente.

As autoridades indonésias chegaram a afirmar em um primeiro momento que não havia tsunami, e sim um aumento da maré, e pediram à população que não entrasse em pânico.

“Se houve um erro a princípio, lamentamos”, escreveu Nugroho mais tarde no Twitter.

As erupções vulcânicas submarinas, que são relativamente incomuns, podem provocar tsunamis pelo deslocamento repentino de água ou deslizamentos em encostas, de acordo com o Centro Internacional de Informação sobre Tsunamis.

Confira imagens da destruição causada pela onda gigante:

Imagem aérea mostra erupção do vulcão Anak Krakatau neste domingo (23) na Indonésia — Foto: Nurul Hidayat/Bisnis Indonesia via AP

Pessoas inspecionam nesta segunda-feira (24) área destruída pelo tsunami em Sumur, na Indonésia — Foto: Fauzy Chaniago/AP Photo

Imagem aérea mostra parte da destruição causada por tsunami na praia de Carita, na Indonésia — Foto: Azwar Ipank / AFP


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background