segura

Após o anúncio do Ministério da Saúde suspendendo a vacinação contra a Covid-19 da AstraZeneca/Oxford em grávidas e puérperas, a notícia levantou questionamento sobre a eficiência da vacina. Em entrevista à repórter Daiany Ferreira, o médico infectologista, Taylor Olivo, esclareceu que a suspensão é resultado do monitoramento de um evento adverso e que por isso, […]


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]