Vereador classifica como censura, bloqueio do youtube ao canal da TV Câmara

Escrito por em 23/02/2022

Vereador Eduardo Borgo classificou como censura, o bloqueio por SETE DIAS, da plataforma ‘Youtube’ ao canal da TV Câmara, após a retirada do vídeo de sua fala durante a sessão da última segunda-feira, onde o parlamentar questionou a aplicação da QUARTA DOSE da vacina contra a Covid-19.

Borgo afirmou que a legislação brasileira garante a livre manifestação do pensamento e, não se pode desrespeitar a Constituição do país.

Com a punição imposta à TV Câmara pelo ‘Youtube’, algumas reuniões importantes não serão transmitidas por esta rede social, como a audiência de prestação de contas nesta quarta-feira, além da segunda reunião da CEI da Educação, programada para quinta-feira, com a oitiva da prefeita Suellen Rosim.

A Câmara Municipal foi questionada pela reportagem e informou que “está contratando um profissional na área do direito digital para procurar alternativas jurídicas para que a ‘Casa de Leis’ não seja punida na fala de um vereador. Também informou que questionará juridicamente se a fala do vereador Borgo feriu a Política de Uso da Plataforma’.

Leia mais:


Opnião dos Leitores
  1. Genivalter d souza   Em   23/02/2022 em 14:38

    Bauru não tem problemas para esse cidadão eleito vereador cuidar não, ao invés de querer fazer media com os negacionistas?

  2. Guilherme Augusto Cestari Bernardo   Em   23/02/2022 em 14:52

    Simplesmente Lamentável! Os outros vereadores deviam representar contra ele no Conselho de Ética da casa, por disseminar notícias falsas e ainda por cima derrubar o canal da Câmara, atrapalhando as transmissões ao vivo. Gasta seu tempo na tribuna pra falar abobrinhas, e ainda por cima enrolado na bandeira do Brasil!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]