Vereador quer que parlamentares possam indicar a utilização de recursos da Câmara à Prefeitura

Escrito por em 10/02/2022

As recorrentes sobras do duodécimo, orçamento destinado à Câmara Municipal, tem chamado a atenção de alguns atores políticos. O vereador Marcelo Afonso, por exemplo, estuda propor um projeto para mudar a relação entre os poderes Executivo e Legislativo com objetivo de que os parlamentares tenham acesso aos recursos antes que ele seja devolvido à Prefeitura. O vereador quer transformar as sobras do orçamento da Câmara em emendas impositivas, para que os paramentares possam indicar onde serão aplicados os recursos no município. O orçamento anual da Câmara Municipal de Bauru é de 22 MILHÕES DE REAIS. Todo final de ano, a Casa de Leis devolve as sobras desses recursos à prefeitura. Marcelo Afonso ainda estuda a legalidade do projeto para poder apresentá-lo na Câmara.

No ano passado, a Câmara Municipal devolveu à Prefeitura aproximadamente 3 MILHÕES E 800 MIL REAIS de sobras do duodécimo.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]