Vereador sugere taxa simbólica do lixo até que seja definida destinação final

Escrito por em 27/09/2021

Na última sexta-feira (24), a Câmara Municipal de Bauru realizou uma audiência pública para discutir o processo de concessão do lixo e o modelo mais adequado a ser implementado no município por meio da PPP do Lixo. Na ocasião a prefeita Suéllen Rosim ressaltou a necessidade de tarifação do lixo devido ao Marco Legal do Saneamento Básico, que obriga os municípios a criarem a taxa sob pena de perder repasses de recursos.

A audiência foi chamada pelo vereador Manoel Losila. Segundo ele, a prefeitura ainda tem dificuldade em definir o formato da destinação final e os valores para a aplicação das normas. Losila defende a cobrança de um valor simbólico até que a destinação final seja definida.

De acordo com a proposta da chefe do Executivo, o valor unitário da taxa por metro quadrado de área construída é de R$1,57.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]