Vereador visita setores do DAE e confirma falta de materiais e maquinários quebrados

Escrito por em 06/05/2021

O vereador Júlio César visitou instalações do DAE para conferir algumas reclamações recebidas. O parlamentar esteve no almoxarifado, onde confirmou a falta de diversos materiais para realização do serviço básico da autarquia.

No centro de manutenção, o vereador confirmou existir máquinas e caminhões parados por falta de peças.

Júlio César afirmou estar fazendo um levantamento se essas peças chegaram a ser compradas pelo DAE, conforme explicou em entrevista à 94FM.

Pelas redes sociais, o vereador Júlio César afirmou ainda, que o DAE ficará, pelo menos 30 dias sem realizar reparos de vazamento, por falta do Pead (Polietileno de Alta Densidade). Esse material também é necessário para a realização de novas ligações, pela autarquia.

O DAE Bauru se manifestou em nota:

O DAE informa que o processo de licitação para aquisição do material citado pelo vereador Júlio César para os reparos de vazamento de água (PEAD) está finalizado. O mesmo foi aberto em maio 2020, mas ficou estagnado de novembro de 2020 até março de 2021, resultando em prejuízo no estoque dos produtos.

Devido aos prazos legais, a autarquia informa que ainda não possui a nova leva materiais, mas está em conversas com o fabricante sobre a possibilidade de buscar o material em São Paulo, caso exista o entendimento de que isso acelerará o processo. Porém, ressalta que, apesar de não possuir o material em estoque, as regionais de manutenção ainda possuem materiais e, portanto, a cidade não está sem os devidos reparos.

Quanto às PCs, o DAE reconhece que estão paradas, uma há dois anos, outra há um ano e quatro meses. Mas uma das primeiras ações da atual gestão, semanas atrás, foi a reabertura dos processos de compra das peças necessárias para manutenção, tanto das PCs, quanto de demais veículos, além da nomeação de novo Diretor da Divisão de Apoio Operacional, conforme publicado no Diário Oficial de Bauru de 01 de maio.

O DAE reforça que está à disposição da população para esclarecimento de quaisquer dúvidas.

Fotos: Ouvintes 94FM


Opnião dos Leitores
  1. Alexssander   Em   06/05/2021 em 12:32

    A nossa prefeita está fazendo de tudo para privatizar o Dae….. Claro que o Dae tem problemas, mas problemas que tem solução…. basta ter vontade… pergunte para a população de Bauru se ela quer pagar muito mais caro pela água/esgoto???

  2. Osvaldo Jose Pedro   Em   06/05/2021 em 14:11

    Essa paralização nos processos começou após a troca de Presidente no Governo Gazzeta …

  3. Claudia Aparecida Lopes de camargo   Em   06/05/2021 em 16:02

    Com certeza iremos pagar uma conta bem alta, caso o Dae seja privatizado. O que precisa ser feito é encontrar soluções e ter coragem de se administrar com transparência e honestidade.

  4. Márcia Martins Gonçalves Da Silva   Em   06/05/2021 em 18:00

    Vamos eu quero ver agora os vereadores trabalhar assim como trabalham nas eleições levar ao conhecimento da população de Bauru ,quais serão as consequências da privatização do dar p a população e o que a população precisa fazer p q não aconteça isso. Unidos teremos força.

  5. Ivani Maria Freitas Campos   Em   06/05/2021 em 18:01

    Não são eles que ficam sem água, um dia sim outro não, na hora que fez a campanha dela, disse que ia resolver o problema, cadê a solução. Agora quer privatizar. Tirar das costas dela é muito bom, tem a população pra pagar o pato, né

  6. SERGIO JOSE DOS SANTOS   Em   06/05/2021 em 18:41

    O VEREADOR JULIO CEZAR CHEGOU AGORA NA CAMARA E FOI VER ISSO AI. O CORONEL MEIRA TA NO SEGUNDO MANDATO E NAO VIU ISSO OU NAO QUIS VER??? NA RUA ONDE ELE MORA NAO TEM AGUA???

  7. Sidnei Antônio Silva   Em   06/05/2021 em 19:10

    Uma informação que todos políticos de Bauru não dizem para o povo é que se der o dae em concessão a verba do dae entra na conta do município, e na hora de votar o orçamento anual de gastos vai diminuir o percentual da saúde educação e obras públicas que funciona as mil maravilhas,

  8. Nivaldo Aranda   Em   06/05/2021 em 21:05

    Moro em Bauru desde 1974. Pouca coisa mudou em relação ao fornecimento de água. Entra prefeito, sai prefeito . Agora a prefeita quer privatizar. Já sabemos quem vai ganhar e quem vai continuar perdendo nesse jogo de incompetencias que se sucedem sucessivamente sem cessar.

  9. Renato luiz   Em   06/05/2021 em 23:36

    O DAE é o grande problema de Bauru.. Desperdício de água, buracos na cidade, remendos de Péssima qualidade. Não tem uma rua que não tenha um remendo mal feito pelo DAE

  10. Gabriel   Em   07/05/2021 em 06:58

    DAE. Departamento de Asfaltos Estragados de Bauru. Ma administração que virou senvergonhice. E quem paga?

  11. Márcia   Em   07/05/2021 em 12:37

    Quanto pior estiver, mais rápido ela privatiza o DAE. Absurdo isso!!!!! Estão sucateando para privatizar. Por quê não privatiza a EMDURB que não se autosustenta???? Bauru só anda na contramão!!!!!

  12. Reinaldo   Em   07/05/2021 em 12:41

    Na minha opinião, o que esta faltando é uma fiscalização de uma pessoa que realmente vestisse a camisa do órgão que representa, presente em todo trabalho a ser feito com muita dedicação e amor à causa. Porque nota-se que a maioria dos trabalhos executados, na parece ser confiável, cito por exemplo: num vasamento de um esgoto ou de água, agente nota que vários trabalhadores fazem o serviço daquele jeito, quebra galho, exemplo: o fechamento de um buraco, no meu entender que sou leigo no assunto, não é só jogar a terra, é sim fazer um trabalho de compactação co a terra, porque se não é fazer o serviço duas vezes, é perder tempo, material e dinheiro público. Notamos muita coisa errada, as vezes deparamos com aquele caminhão tapa buraco, jogando pixe, que é um material caro, sem nenhuma técnica, jogam o material no buraco, que ali ficam por alguns dias, às ruas estão todas cheias de remendos feitos de maneira inadequada. Para mim o que falta mesmo é uma fiscalização séria com pessoas competentes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]