Vereadores debatem retirada de lombadas e acidentes em Bauru durante sessão na Câmara

Por on 12 de novembro de 2019

O atropelamento e morte de uma mulher de 60 anos na última sexta-feira (08), no Parque Vista Alegre, reascendeu as discussões sobre a retirada de lombadas e a falta de redutores de velocidade nas vias da cidade.

Os obstáculos foram retirados após uma ação judicial de autoria da Associação de Defesa da Cidadania de Bauru pedindo a retirada das lombadas, porque, segundo a entidade, elas feriam as leis do Conselho Nacional de Trânsito.

Na Câmara, diversos vereadores alertaram para a necessidade de se colocar redutores de velocidade em algumas vias. Miltinho Sardin foi um dos que apontou a falta de lombadas como uma das causas do acidente de sexta-feira.

Para o vereador Markinho Souza, falta estrutura à Emdurb para executar o estudo e a retirada das lombadas ao mesmo tempo que avalia a instalação de redutores adequados às normas do Contran.

De acordo com o Contran, a proporção correta de uma lombada é 10 centímetros de altura máxima e 3,7m do início ao final, no tipo A e de 8 centímetros de altura por 1,5m de largura, no tipo B.

Foto: Divulgação/ Vereador Miltinho Sardin


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background