Vigilantes das UPAs voltam a sofrer com atraso no pagamento dos salários

Escrito por em 11/06/2021

Os vigilantes das UPAS de Bauru voltaram a sofrer com o atraso no pagamento dos salários. Em maio deste ano, uma nova empresa foi chamada para assumir o contrato de prestação de serviço de vigilância, depois que a empresa 3S alegou não ter condições de arcar com a remuneração dos funcionários. A nova empresa terceirizada, a Cyberseg Proteção Patrimonial, alega que o pagamento ainda não foi efetuado porque aguarda o repasse do valor pela prefeitura. Conforme contrato firmado entre a empresa e o poder executivo, a responsabilidade pelo pagamento dos salários de funcionários da empresa é de responsabilidade da mesma, independente do repasse da prefeitura. A destinação do valor pela prefeitura está programado para ocorrer na próxima terça-feira. Quem explica o caso é o vereador Junior Rodrigues, que foi procurado pelos vigilantes para intervir junto à prefeitura.

Procurada, a prefeitura de Bauru informou que está se inteirando do caso e enviará uma nota assim que tiver mais informações sobre o novo atraso no pagamento dos vigilantes.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]