Wanessa Camargo reivindica título de primeira cantora a gravar reggaeton no Brasil

Por on 7 de julho de 2020

Wanessa Camargo liberou mais um “fragmento” de seu projeto “Uni/verso”, que comemora os 20 anos de sua carreira. O “Fragmentos Parte 6” é um minidocumentário de 42 minutos sobre a era “W”, divulgado no YouTube. No vídeo, Wanessa reivindica o título de primeira cantora a gravar reggaeton no Brasil, com a música “Amor, Amor” (2005).

“Foi o primeiro reggaeton gravado no Brasil. O César me apresentou essa música, eu me apaixonei pelo ritmo, e falei ‘a gente tem que gravar reggaeton! Vamos abrasileirar isso, trazer para nossa linguagem’”, diz.

Ela lembra que foi uma luta para a gravadora conseguir tocar “Amor, Amor” nas rádios. A faixa foi escolhida como primeiro single do álbum “W” e causou estranhamento, porque o estilo porto-riquenho não era comum no Brasil. No clipe, Wanessa não cantava, só dançava, o que também impactou a recepção da mídia e do público.

No minidocumentário anterior, Wanessa falou sobre ter chegado ao fim de 2004 com crises de pânico e ansiedade. No novo minidoc, a cantora retoma o assunto. “No Natal de 2004, eu tive uma crise de pânico e, dessa crise de pânico, nasceu o projeto ‘W’. Foi quando eu fiz uma música que se chama ‘Era Uma Vez…’. Foi a primeira vez que fiz uma música sozinha”, conta a cantora.

“Era Uma Vez…” deu nome à turnê de 2006, dirigida por ninguém menos que Marília Pêra. Wanessa considera essa uma das músicas mais importantes de sua carreira, por tudo que representa para ela. A canção norteou todo o conceito e direcionamento do álbum “W”, lançado em 2005. Na letra, Wanessa fala sobre a sensação de vazio ao tentar ser quem não era, e sobre a necessidade de se amar.

Fonte: Portal Popline


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background