Zeladoria: com vagas abertas e cidade suja, prefeitura não consegue contratar servidores

Escrito por em 24/03/2021

A atenção à zeladoria da cidade, considerada prioridade pela prefeita Suellen Rosim logo após assinar o termo de posse em 1º de Janeiro, segue patinando.
Os classificados no processo seletivo para contratação temporária de ajudante geral, realizado ainda no ano passado, continuam sendo convocados pela Secretaria da Administração, que vem enfrentando dificuldades no preenchimento das vagas.
De acordo com o Secretário de Administração, Everson Demarchi, o prazo de validade do processo, termina no próximo dia 11.

O processo seletivo foi realizado em setembro do ano passado, para a contratação de 150 trabalhadores pelo prazo de TRÊS MESES, com salário de R$ 1.354,99, mais R$ 500,00 de vale-compra. Atualmente, apenas 61 vagas estão preenchidas.
Nos últimos anos, a prefeitura terceirizou parte do serviço de capinação e limpeza, mas, o resultado ficou aquém do esperado. Em recente audiência na Câmara, o Secretário das Administrações Regionais, Jorge de Souza, afirmou que um novo processo licitatório para a terceirização do serviço, levaria cerca de 90 dias para ser concluído, não solucionando o problema de imediato.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]